A Escola

escolavv1

 

Caracterização da escola:

A EB1 de Vale de Vargo é uma das cinco escolas de 1.º ciclo do Agrupamento de Escolas n.º 1 de Serpa.

Fica situada em Vale de Vargo, povoação pertencente à União de Freguesias de Vila Nova de S. Bento e Vale de Vargo.

É um edifício antigo da tipologia Plano dos Centenários mas que se encontra ainda em razoável estado de conservação. Possui dois pisos e quatro salas de aulas, estando apenas duas ocupadas com turmas. Nas outras duas salas funcionam a Biblioteca Escolar e as Atividades de Enriquecimento Curricular (AECs). 

 

Recursos humanos:

No ano letivo 2015/2016  frequentam a EB1 de Vale de Vargo 26 alunos, provenientes da localidade e de alguns montes circundantes, distribuídos por duas turmas.

 Turma   Ano  N.º de alunos

Docentes

Assistente Operacional
VV A  1.º 3 Henrique Manuel Paraíba Gomes   Maria José Rita Ramos Tagarroso
2.º 12
VV B 3.º 4 M.ª  Manuela Sargento Campaniço 
4.º 7

 

Horário de funcionamento:

A EB1 de Vale de Vargo funciona em horário normal.*

HORÁRIO Entrada Saída Intervalo para recreio Intervalo para almoço
Período da manhã 9:00h 12:30h 10:00h às 10:30h 12:30h às 14:00h 
Período da tarde 14:00h 16:00h 16:00h às 16:30h
AECs   16:30h  17:30h  -----

 * O horário pode sofrer ligeiras alterações de acordo com a necessidade de flexibilização das AECs.

 

Horário de atendimento aos Encarregados de Educação:

Docente  3.ª feira  5.ª feira
Prof. Henrique Gomes    das 12:30h às 13:00h das 12:30h às 13:00h
Prof.ª Manuela Campaniço

 

Oferta de Atividades de Enriquecimento Curricular:

Clube de Ciências

Atividade Física e Desportiva (AFD)

Educação Musical

Inglês (para 1.º, 2.º e 4.º anos)

 

Outras ofertas:

"Cante nas Escolas" - Projeto desenvolvido em parceria com a Câmara Municipal de Serpa, dinamizado pelo Prof. Pedro Mestre.  

musica

 

 


  

Localização

 mapavv1


 

Contactos

cartaz2

Rua dos Lagares n.ºs 1 e 3
7830-520 Vale de Vargo

telefone

Telefone: 284 865 087

Sobre Vale de Vargo

brasaovvVale de Vargo é uma aldeia alentejana, pertencente ao concelho de Serpa, distrito de Beja.

Em resultado da Lei nº 56/2012, de 8 de novembro, e da Lei nº 11-A/2013, de 28 de janeiro, Vale de Vargo, que até então constituía uma das sete freguesias do concelho de Serpa, agregou com a de Vila Nova de S. Bento, adotando a  atual divisão administrativa a designação de “União das Freguesias de Vila Nova de S. Bento e Vale de Vargo”. 

freguesiasatuais

A treze quilómetros da sede do concelho, Vale de Vargo está situada nas margens da ribeira do Enxoé, afluente do Rio Guadiana. A  localidade é atravessada por um barranco que a divide em duas partes distintas, e daí  advém a vulgar designação de  Vale de Vargo de Cima e Vale de Vargo de Baixo.

Vale de Vargo já pertenceu ao concelho de Moura (até finais do século XIX) e também já esteve anexada a Pias.

vv 

O território pertencente à anterior freguesia de Vale de Vargo  ocupa uma área aproximada de 58km2, o que corresponde a 5.25% do território do concelho  e possui, de acordo com os últimos dados disponibilizados pelo INE - Instituto Nacional de Estatística (Censos 2011), uma população residente de 968 pessoas (6.20% dos habitantes no concelho), das quais, 26.14% têm mais de 65 anos e 11.88% são crianças ou adolescentes. 

Comparativamente com os Censos de 2001 a população de Vale de Vargo regista um decréscimo de 105 pessoas.

Ainda de acordo com a fonte atrás citada, em termos demográficos constata-se também que das 403 famílias residentes na freguesia de Vale de Vargo, 23.08% são compostas por uma única pessoa, e que o peso dos agregados domésticos com quatro ou mais indivíduos é de 3.97%.

q1 q2

q3q4

 Fonte: INE 

   q5

No território pertencente à anterior freguesia de Vale de Vargo  são inúmeros os vestígios que  comprovam  a presença do homem, nesta região, desde a época romana. Há a salientar os  marcos da antiga estrada que passava por esta freguesia, pedras com inscrições e parte de capitéis de colunas, duas mós, uma moeda de cunhagem local e do Imperador Octávio Augusto.

Relativamente à economia, a maior parte da população de Vale de Vargo continua a dedicar-se à agricultura, tal como sempre tem acontecido, daí que se diga que, em tempos remotos, já foi apelidada de  Vale de Vargo “uma cidade de camponeses”. O olival, a vinha e o cereal para grão, indústria transformadora e construção, comércio por grosso e a retalho são as atividades económicas mais relevantes.

Uma acentuada percentagem dos habitantes desta aldeia continua a recorrer à emigração como forma de subsistência, o que contribui para o envelhecimento da população.

 igreja igrejaVVinterior

A igreja paroquial de S. Sebastião é o mais interessante monumento desta localidade. De características populares, constituída por volumes diferenciados, de grande austeridade e solidez, está erguida numa pequena elevação e a sua construção remonta aos finais do século XVI, tendo sofrido desde  a sua origem diversas reconstruções. É de destacar o pórtico, de características góticas, e a capela-mor, de abóbada.  Alguns elementos do seu interior, como diversas pedras dispersas, são da Idade Média e foram utilizadas na última fase da igreja.

Este templo terá substituído um outro ali existente em época anterior (visigótica), e cujos vestígios ainda hoje se podem observar, nomeadamente uma pedra, que durante séculos se manteve ignorada por estar a servir de degrau e que após estudos efetuados se veio a concluir que era trabalhada com características da arte visigótica.

Além da igreja matriz, saliente-se do património edificado desta terra, restos do que se pensa ter sido uma antiga habitação senhorial medieval. Trata-se de uma fachada daquela época (século XIV), existente nas traseiras da Casa do Povo, que conserva uma porta ogival, no entanto já nada existe da casa original.

No que diz respeito a grupos, associações e coletividades  de caráter cultural, recreativo e desportivo existentes na localidade há a mencionar, entre outros, a Sociedade Recreativa 1.º de Dezembro, a Sociedade 5 de Outubro, o Grupo CoralOs Camponeses de Vale de Vargo”, o Grupo Coral Feminino "As Papoilas do Enxoé", o Grupo de Música Popular “Arco Iris”, o Grupo de Música Popular “Alencante”, o Futebol Clube de Vale de Vargo, a  Associação de Caçadores Vale De Vargo, o Núcleo columbófilo do FCVV e a Secção de BTT do FCVV.

Quanto a equipamentos destinados à prática desportiva existe o Campo de Futebol.

Na área da saúde há a referir a Extensão do Centro de Saúde e um Consultório Particular de Clínica Geral e na área da assistência e protecção social a Associação de Solidariedade Social de Vale de Vargo -  “Flor do Enxoé”.

Na área da educação e ensino existe o Jardim-de-Infância e a Escola do 1.º Ciclo.

Como infraestruturas de apoio ao desporto, cultura e lazer existe o Campo de Futebol, o Polidesportivo, o Centro Cultural e o Salão Polivalente.

Vale de Vargo é uma terra de muitas tradições. Aqui ocorrem anualmente duas grandes festas religiosas, a Festa de S. Sebastião e a Festa da Ascensão do Senhor. 

A Festa de S. Sebastião, padroeiro de Vale de Vargo, realiza-se no fim-de-semana mais próximo do dia 20 de janeiro.

A Festa em Honra da Ascensão do Senhor, realiza-se habitualmente em maio, no fim-de semana seguinte à quinta-feira de Ascensão.

festavv

 

Como atividades culturais há ainda a referir a Feira do Azeite, realizada anualmente em meados do mês de março,  certame de promoção e que pretende preservar um dos produtos de excelência da freguesia e do concelho serpense.

Fica ainda a referência e o convite para visita ao presépio que no Natal é montado no exterior, junto à igreja.

presepio presepionoite

Vale de Vargo é uma pacata aldeia que convida à tranquilidade, inserida numa agradável paisagem, com a Barragem do Enxoé relativamente perto.

papoila enxoe rosm